Pontos positivos e negativos do desaparecimento dos likes no Instagram

Pontos positivos e negativos do desaparecimento dos likes no Instagram

A notícia não é novidade. Todo mundo que possui um perfil na rede social já deve ter notado que seus likes desapareceram da noite para o dia na plataforma. Mas porque isso aconteceu e qual será o desdobramento de tudo isso?

Bem, por minha conta e risco, decidi escalar alguns pontos positivos e negativos da atitude que gerou bastantes comentários nesta semana (e provavelmente muitos likes também, mas a gente não conseguiu contar!)

Pontos positivos

1 - Aqui jaz a vaidade
Segundo a plataforma, a medida de retirar a contagem pública de likes dos posts foi uma questão de saúde mental. Realmente estamos vivendo uma época de caçadores de likes, na qual, se meu post vai mal, significa que sou menos popular que o fulano ou a beltrana. Quem sabe agora a gente veja menos foto de bunda e mais conteúdo, já que a quantidade de comentários de uma determinada foto, não foi suprimida. E nisso, os posts de conteúdo são campeões!

2 - Compradores de like
Estou rindo por dentro (mas com respeito, ou não). Sim, aquelas pessoas que compravam like (e ainda pagavam parcelado) devem estar um tanto quanto chateadas, não? E como cansamos de avisar por aqui que isso não representa nada e não vale de nada e que é somente uma métrica de vaidade. Quantidade de curtidas nunca representou sucesso ou fracasso de um produto ou serviço.

3 - Fim das métricas de vaidade?
Ainda não acredito nisso. Isso porque, por mais que o número de likes nas postagens tenha sido suprimido, o número de seguidores de uma determinada conta ainda continua aparecendo. E, infelizmente, muita gente ainda entra para as agências com o objetivo de alcançar X seguidores. E a nossa pergunta é sempre: pra quê? Número de seguidores definitivamente não vai provar nada sobre a sua marca. Concentre-se no conteúdo, engajamento e resultados reais que a sua marca está tendo. Esses são os números que importam.

Pontos negativos

1 - Marcas que estão investindo por anos
A gente sabe que métricas de vaidade não "vendem" produtos. Mas uma coisa precisamos de admitir: o efeito manada é real. Ou seja, muitas vezes quando uma postagem de conteúdo passa pela sua timeline muita gente tende a julgar se é algo que querem ou não ler, pela quantidade de likes que possui. Será que algumas marcas que investem em conteúdo há anos não vão ficar um pouco decepcionadas ao perceberem que o efeito manada (que vai deixar de existir) vai trazer menos pessoas para se engajarem?

2 - Menos posts vistos por pessoa
Já que não tenho o crivo dos likes para decidir que conteúdo vou consumir ou não, tendo a prestar mais atenção ao conteúdo. E isso é ótimo. Claro, para quem produz conteúdo autoral e inédito. Mas será que este excesso de atenção não vai levar as pessoas a passarem por menos postagens? Ou seja, se antes com dez minutos de navegação eu era capaz de ver X posts, agora, com o mesmo tempo, serei capaz de ver X-Y. Entenderam?

3 - Pode ser um golpe no coração da plataforma
Toda a rede social tem sua entrega de valor. Dependendo da entrega de valor, as pessoas decidem se desejam estar ali ou não. E precisamos de admitir que parte da "graça" para muitos geradores de conteúdo era exibir seu número escandaloso de likes. A pergunta parece boba, mas faz sentido em termos de valor: se amanhã surgir uma plataforma igualzinha ao Instagram, mas que exibe o número de likes para as pessoas, isso provocaria uma evasão de usuários? De verdade, não sei até que ponto isso pode ferir uma importante mola-mestre impulsionadora e motivadora da produção de conteúdo por parte de algumas contas.

Artigos relacionados

 

O Instagram bate, mas depois assopra. Depois de tirar os ...

Recentemente o Instagram modificou uma de suas principais...


Print   Email